Busca Avançada

Conselhos Deliberativo e Fiscal

Conectas Direitos Humanos é o nome fantasia da Associação Direitos Humanos em Rede. 
Seus Conselhos Deliberativo e Fiscal têm a seguinte composição:
 

Conselho Deliberativo

 
Margarida Bulhões Pedreira Genevois, presidente do Conselho Deliberativo da Conectas, é formada em Ciências Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Foi presidente da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP. Foi também conselheira do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher e uma das instituidoras do Fundo Brasil de Direitos Humanos. Em 2008, recebeu o título de Cidadã Paulistana pela representatividade de seus trabalhos em Direitos Humanos. 
   
Ana Lucia Villela é formada em Pedagogia, com mestrado em Psicologia da Educação pela PUC/SP. É Conselheira de instituições do terceiro setor como Conectas Direitos Humanos, Itaú Cultural e Instituto Brincante. Fundou e preside o Instituto Alana, organização sem fins lucrativos que desenvolve atividades com a missão de Honrar a Criança. É membro da rede de empreendedores sociais da Ashoka, ganhando em 2010 o prêmio Jovem Empreendedor Social.
   
Anamaria Schindler é membro da equipe de liderança da Ashoka, organização internacional com foco em empreendedorismo social e transformações sociais. Foi Co-presidente Global da Ashoka de 2005 a 2008 e atualmente é responsável pela estratégia da Ashoka para América Latina. Montou e dirigiu o Instituto Arapyaú, no Brasil, de 2008 a 2011. Dedicou-se aos Direitos Humanos, entre 1986 e 1995, integrando a equipe do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo. Foi colunista do Jornal Valor Econômico de 2000 a 2005. É membro de vários conselhos de organizações da sociedade civil no Brasil e América Latina. Socióloga, mestre e cursou doutorado em Sociologia na Universidade de São Paulo.
   
Andre Raichelis Degenszajn é Secretário-Geral do GIFE desde março de 2013. É bacharel e mestre em relações internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pesquisador no Nu-Sol/PUC-SP desde 2001. Foi professor de relações internacionais na Faculdade Santa Marcelina entre 2007 e 2011. Atua em organizações da sociedade civil desde 2001, foi fundador e atualmente integra o Conselho Diretor da Conectas Direitos Humanos.
   
Darci Frigo, advogado, é Coordenador Executivo da organização de direitos humanos, Terra de Direitos. É também Presidente do Conselho do Fundo Brasil de Direitos Humanos. Em 2001, o seu trabalho de apoio jurídico aos movimentos sociais do campo , lhe rendeu o Prêmio Robert F. Kennedy de direitos humanos, em Washington. Militante dos direitos humanos há mais de 25 anos, Frigo é especialista na questão agrária, com histórico de atuação junto à Comissão Pastoral da Terra, Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares e aos movimentos sociais rurais.
   
Fabio Caruso Cury é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP (1997), com especialização em Direitos Difusos, sendo admitido na OAB de São Paulo em 1999. Mestre em Administração Pública pela Robert F. Wagner Graduate School of Public Service, da New York University – NYU (2000/2002).
   
Flavia Regina de Souza é advogada graduada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Especialista em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Sócia responsável pelo Departamento de Direito do Terceiro Setor de Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Publicou artigos, apresentou trabalhos sobre terceiro setor e advocacia pro bono em Congressos nacionais e internacionais. É membro da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/SP. Professora no módulo Aspectos Legais do Terceiro Setor do curso “Princípios de Gestão para Organizações do Terceiro Setor” do PEC/FGV - Programa de Educação Continuada da Fundação Getúlio Vargas, Coordenadora e Professora do curso de “Direito para o Terceiro Setor”, do GVLaw - Programa de Educação Continuada da Faculdade de Direito da Fundação Getúlio Vargas.
   
Malak El-Chichini Poppovic é consultora independente, foi diretora executiva da Conectas Direitos Humanos de 2005-2011. Anteriormente, foi assessora para a área de Paz, Segurança e Direitos Humanos da United Nations Foundation e para o Programa de Parceria contra a Pobreza e a Exclusão Social da Comunidade Solidária em Brasília; e pesquisadora sênior do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo. Ela trabalhou para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados em vários países (1975-1988). Possui pós-graduação em Economia e Relações Internacionais pelo Graduate Institute of International Studies de Genebra e bacharelado em Economia da Universidade do Cairo.
   
Marcelo Furtado é engenheiro químico, com especialização em administração de empresas e mestrado em engenharia elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Atualmente é diretor-executivo do Instituto Arapyau. É membro do Yale World Fellow desde 2011. Atuou na indústria química e foi consultor de desenvolvimento de projetos. Trabalhando para o Greenpeace há 22 anos, coordenou a campanha internacional contra o comércio de lixo tóxico, bem como projetos na área de poluição industrial. Foi membro da equipe de coordenação para o tema da responsabilidade corporativa e coordenou campanhas nas áreas de clima, energia, florestas, oceanos e organismos geneticamente modificados. Foi diretor-executivo do Greenpeace no Brasil. 
   
Oscar Vilhena Vieira é diretor da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (DIREITO GV) onde é Professor de Direito Constitucional. Possui graduação em Direito pela PUC-SP (1988), Mestrado em Direito pela Universidade de Columbia (1995), Doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1998) e Pós-doutorado pelo Centre for Brazilian Studies (St. Antonies College, Oxford University.) Foi Diretor Executivo da Conectas Direitos Humanos e do Instituto Latino Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Delito – Brasil, além de Procurador do Estado em São Paulo.
   
Sandra Carvalho é advogada e socióloga. Foi membro da Comissão Teotônio Vilela de Direitos Humanos (CTV) e é co-fundadora e diretora adjunta da organização não-governamental Justiça Global. Foi a primeira brasileira a receber o Prêmio Anual de Direitos Humanos da Human Rights First (HRF), organização baseada em Nova York.
   
Theodomiro Dias Neto é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. Mestre em Direito (LLM.) pela Universidade de Wisconsin (EUA). Doutor em Direito pela Universidade do Saarland (Alemanha). Professor da DIREITO GV. Advogado criminal em São Paulo.
 

Conselho Fiscal 

 
Eleno Gonçalves Jr. é formado em administração de empresas pela EAESP/FGV e especializou-se em Gestão de Iniciativas Sociais pela UFRJ. Tem 14 anos de atuação como administrador em organizações como o Grupo Pão de Açúcar, o MAM-SP, a Cidade Escola Aprendiz, tanto em áreas administrativas e financeiras, quanto nas áreas de gestão de pessoas, planejamento, projetos e qualidade. De 2007 a 2011 foi gerente institucional do GIFE. Coordenou a 1a edição do "Guia das Melhores Práticas de Governança para Fundações e Institutos Empresariais" (IBGC e GIFE, 2009) e participou da elaboração do "Investment Management Code of Conduct for Endownments, Foundations, and Charitable Organizations" (CFA Institute, 2010). Atualmente é superintendente adjunto de operações do IBGC - Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.
   
Emilio Martos é formado em Administração e Direito, com MBA em Gestão da Tecnologia da Informação. Trabalhou em empresa familiar durante 11 anos, no legislativo municipal em Campo Grande (MS) durante oito anos e nos últimos 16 anos na gestão de organizações do terceiro setor, tais como: ACMD (Associação Comunidade de Mãos Dadas), no Instituto Ethos e no IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), onde sua última posição foi a de Superintendente de Relacionamento e Operações. Atualmente é consultor independente e cursa o programa de formação de coaches do Instituto EcoSocial. Foi líder parceiro da Fundação Avina e coordenador de um dos projetos vencedores do concurso de ideias inovadoras em mobilização de recursos Ashoka - McKinsey.