A Conectas faz o acompanhamento diário das principais notícias de direitos humanos publicadas por jornais e revistas do Brasil e do exterior. O conteúdo é atualizado diariamente - separado por temas de Justiça e de Política Externa - no web site www.conectas.org, para livre acesso, com o resumo das notícias e o link para o conteúdo original. Alguns veículos de comunicação podem restringir o acesso a assinantes

Clipping Justiça, 14 de novembro de 2017

VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL

 
Sistema prisional: Dez meses após massacre, Alcaçuz possui quase o dobro de presos; 16 ainda estão 'sumidos', revela Sejuc. Segundo a Sejuc, 54 detentos não foram encontrados após a retomada da unidade. Destes, 35 foram recapturados e 3 morreram nas ruas. Em janeiro, eram 1.200 presos. Hoje, complexo possui 2.116. (G1)
 

FORTALECIMENTO DO ESPAÇO DEMOCRÁTICO

 
Protestos: PLs que criminalizam protestos seguem rumo à aprovação no Congresso Nacional. Segundo a ONG Artigo 19, projetos de Lei 508, 5065 e 272 colocam em risco a liberdade de manifestação e expressão de movimentos sociais e indivíduos. (Ponte)
 
Aborto: Mulheres protestam contra PEC que pode proibir todas as formas de aborto no País. PEC que proíbe aborto legal coloca governo e Congresso em lados opostos. (EstadãoO Globo)
 
Opinião: Michel Temer: O Brasil voltou aos trilhos. Dizer que estamos mudando o País não é discurso político, os resultados estão aí. (Estadão)
 
Discurso de ódio: Judith Butler on Being Attacked in Brazil. Outside a conference she helped organize, the noted philosopher and gender theorist was burned (as a witch) in effigy. She describes the opposition and the experience of being attacked in this way. (Inside Higher Ed)
 

VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E AMBIENTAIS

 
Rio Doce: Julgamento da tragédia de Mariana volta a andar após cinco meses parado. Juiz federal não acatou tese da defesa, que havia pedido a nulidade de provas devido a supostas irregularidades. (El País)