A Conectas faz o acompanhamento diário das principais notícias de direitos humanos publicadas por jornais e revistas do Brasil e do exterior. O conteúdo é atualizado diariamente - separado por temas de Justiça e de Política Externa - no web site www.conectas.org, para livre acesso, com o resumo das notícias e o link para o conteúdo original. Alguns veículos de comunicação podem restringir o acesso a assinantes

Clipping Justiça, 14 de fevereiro de 2017

VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL

 
Espírito Santo: Parentes de PMs do ES abrem mão de reajuste; governo dá início a punições. Familiares dos policiais militares do Espírito Santo e as associações que representam a categoria decidiram, desistir do pedido de aumento de 43% e ofereceram encerrar o motim, em troca da anistia dos militares e de garantias do governo de que o reajuste continuaria sendo negociado. (Folha)
 
Segurança pública: Mulheres de PMs mantêm bloqueios e desafiam a segurança no Rio. Pelo terceiro dia, versão da PM aponta normalidade enquanto batalhões continuam bloqueados. (El País)
 
Segurança pública 2: Militares vão atuar no Rio até depois do carnaval, diz Pezão. Temer autoriza Forças Armadas no Rio só até o dia 22, antes do carnaval. (O Globo + Estadão)
 
Segurança pública 3: Pedido de Pezão por tropas exigiria mesmo contingente da Olimpíada. Governador admitiu a possibilidade de contaminação da manifestação da PM do Espírito Santo e citou ainda aproximação do carnaval. (Estadão)
 
Racismo institucional: SBT contrata apresentador que chamou a cantora Ludmilla de "macaca". "Lutei muito para isso", disse Marcão do Povo após assinar o contrato. Ele foi demitido da TV Record em janeiro após comentários racistas. (Carta Capital)
 

FORTALECIMENTO DO ESPAÇO DEMOCRÁTICO

 
Censura: Justiça do DF censura reportagens do GLOBO e "Folha" sobre extorsão de hacker a Marcela Temer. Análise: Constituição criou regime de liberdade com responsabilidade. (O Globo + Folha)
 

VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS E AMBIENTAIS

 
Belo Sun: Conselho Nacional dos Direitos Humanos pede suspensão de Belo Sun. Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) deliberou por emitir recomendação requerendo a suspensão da licença de instalação do projeto de mineração Volta Grande, de responsabilidade da empresa canadense Belo Sun Mineração, na região da Volta Grande do Xingu, no Pará. (Justificativa)