Busca Avançada

Lista de vencedores

Confira os premiados do 39° Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

10/10/2017 direitos humanos jornalismo prêmio vladimir herzog pvh

A Comissão Organizadora do 39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos escolheu e anunciou na manhã desta segunda-feira os vencedores da edição deste ano.

Como nos últimos anos, a sessão aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo e foi transmitida ao vivo pelo site da casa. O Prêmio Vladimir Herzog é a única distinção jornalística do Brasil com júri aberto ao público.

A edição de 2017 bateu novo recorde de trabalhos inscritos: 634. As categorias em disputa foram arte, fotografia, áudio, multimídia, texto e vídeo.

Tradicionalmente, o julgamento é dividido em duas fases: a seleção, que neste ano contou com 22 jurados de quase todos os estados do país, e a premiação, formada por dirigentes das doze entidades organizadoras do prêmio.

Veja os vencedores:

CATEGORIA ARTE
Vencedor

Simanca
“Massacre do Carandiru”
Jornal A Tarde – Salvador/BA

Menção Honrosa
Bruno Nobru, Ciro Barros e Julio Falas
“Ricardo Silva, executado pela PM”
Agência Pública – São Paulo/SP

CATEGORIA FOTOGRAFIA
Vencedor
Fábio Teixeira
Foto de abertura da reportagem “Tiroteios, mortes e invasões dominam o Complexo do Alemão”
VICE – São Paulo/SP

Menção Honrosa
Nelson Antoine
Foto de abertura da reportagem “Prefeitura retira sem-teto de viaduto em SP”
Portal da Band – São Paulo/SP

CATEGORIA ÁUDIO
Vencedor

Claudia Rocha
“Moradores do Moinho falam em rotina de repressão da PM, um mês após morte de jovem”
Ponte Jornalismo – São Paulo/SP

Menção Honrosa
Gabriel Jacobsen e Daiane Vivatti
“Histórias invisíveis”
Rádio Guaíba – Porto Alegre/RS

Menção Honrosa
Hebert Araújo
“Dar à luz a dor”
Rádio CBN João Pessoa – João Pessoa/PB

CATEGORIA MULTIMÍDIA
Vencedor

Ângela Bastos, Aline Fialho, Chico Duarte, Felipe Carneiro, Julia Pitthan, Maiara Santos, Ricardo Wolffenbüttel
“Sozinhas: histórias de mulheres que sofrem violência no campo”
Diário Catarinense – Florianópolis/SC

Menção Honrosa
Thiago Reis, Alexandre Nascimento, Alexandre Mauro, Beatriz Souza, Fabíola Glenia, Glauco Araújo, Igor Estrella, Kleber Tomaz, Marcelo Brandt, Mariana Mendicelli, Rodrigo Cunha, Rogério Banquieri, Sávio Ladeira e Wagner Santos
“Mapa da homofobia em SP”
G1 – São Paulo/SP

CATEGORIA TEXTO
Vencedor
Patrick Camporez Mação, Luísa Torre e Marcelo Prest
“Especial Quilombolas”
Agência Pública – São Paulo/SP

Menção Honrosa
Adriana Bernardes e Renato Alves
“Brasília Confidencial”
Correio Braziliense – Brasília/DF

Menção Honrosa
André Borges e Werther Santana
“Cerco aos isolados”
O Estado de S. Paulo – São Paulo/SP

CATEGORIA VÍDEO
Vencedor

Bruno Della Latta, Cláudio Guterres, Nunuca Vieira e Renata Ceribelli
“Quem sou eu?”
TV Globo – São Paulo/SP

Menção Honrosa
Gabriela Pimentel, Domingos Meirelles, Heleine Heringer, Natália Fiorentino
“O inferno de Lidiany”
TV Record – São Paulo/SP

A cerimônia de entrega do Prêmio Vladimir Herzog acontece no dia 31 de outubro, às 20h, no Tucarena. Antes disso, a partir das 14h, acontece a 6ª Roda de Conversa, em que os jornalistas premiados contam os bastidores e as complexidades envolvidas nas suas matérias. Ambos os eventos são gratuitos e abertos ao público.

Mais informações sobre esta edição do Prêmio Vladimir Herzog aqui.
0