Busca Avançada

Pedido LAI sobre 'Visto humanitário' para haitianos

Quantidade de vistos e sistema de distribuição nas embaixadas fazem parte do questionamento
Conectas demandou ao Ministério da Justiça e ao Ministério das Relações Exteriores acesso a informações relativas à concessão de vistos de turismo e de residência permanente para haitianos, além de dados sobre pedidos de refúgio feitos por aqueles que já estão no Brasil. Também foi solicitada a lista de documentos exigidos para a concessão do visto permanente por razões humanitárias. A organização recebeu no dia 30 de julho resposta do Ministério da Justiça e, no dia 15 de agosto, após prorrogação do prazo, resposta do Ministério das Relações Exteriores, ambos com base em pedidos via Lei de Acesso à Informação, sobre a política de visto humanitário direcionada aos haitianos que vêm ao País.

A acolhida aos haitianos vai muito além da concessão de vistos, entretanto.

Veja a série especial produzida após visita da Conectas a Brasileia, no Acre, onde a organização encontro, em agosto de 2013, 832 imigrantes, a maioria do Haiti, vivendo num abrigo projetado inicialmente para 200 pessoas.

Brasil esconde emergência humanitária no Acre
O governo brasileiro faz uso há meses de um jogo de palavras – entre migração e refúgio – para minimizar a grave crise humanitária instalada na cidade acreana de Brasiléia, na fronteira com a Bolívia, 240 km a sudoeste da capital do Estado, Rio Branco.