Busca Avançada

Programa de Justiça

Penitenciárias, delegacias e centros de detenção provisória estão entre os maiores focos de violação dos direitos humanos. Superlotação, tortura e maus tratos são problemas persistentes e conhecidos, agravados pela política deliberada de encarceramento em massa levada a cabo pelo Judiciário, Legislativo e Executivo.

O Brasil possui a 4ª maior população carcerária do mundo e, dentre os países mais populosos, a 3ª maior taxa de encarceramento. São quase 600 mil pessoas privadas de liberdade.

Com ações judiciais e administrativas (litígio estratégico), além de ações políticas (advocacy), o programa de Justiça da Conectas trabalha diariamente para alterar este quadro.

Conectas é a organização da sociedade civil que mais vezes contribuiu judicialmente no Supremo Tribunal Federal (STF) na defesa dos direitos humanos. Por meio do chamado amicus curiae, a organização ingressa em ações judiciais que tramitam na mais alta corte do País para levar sua visão crítica sobre o tema que será votado.

Outra ação estratégica é o acionamento dos mecanismos internacionais de proteção aos direitos humanos, como a CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos) e os previstos na ONU (Organização das Nações Unidas). 

Outras notícias

  • 03 de Julho de 2017

    39º Prêmio Vladimir Herzog

    Inscrições estão abertas a jornalistas, artistas e repórteres fotográficos de todo o Brasil até 31/7

    Acessar
  • 29 de Junho de 2017

    O Estado que tolera a tortura

    São Paulo fica para trás em esforço nacional para prevenir e combater a prática

    Acessar
  • 22 de Junho de 2017

    Dia Internacional em Apoio às Vítimas de Tortura

    Programação do CNPCT discute desafios no combate à tortura sob ótica transversal

    Acessar
  • 19 de Junho de 2017

    Nova Brasília: julgamento histórico

    “Ser condenado é feio, mas descumprir é vergonhoso”, diz pesquisador sobre condenação do Brasil na Corte Interamericana de Direitos Humanos

    Acessar
  • 14 de Junho de 2017

    Encarceramento em massa não é Justiça

    Campanha de Rede Justiça Criminal pede medidas para mudar a realidade do sistema prisional brasileiro

    Acessar
  • 08 de Junho de 2017

    Espírito Santo: Brasil ignora ONU

    Relatora especial está há quatro meses sem resposta sobre crise na segurança pública

    Acessar
Listagem Completa