A Conectas faz o acompanhamento diário das principais notícias de direitos humanos publicadas por jornais e revistas do Brasil e do exterior. O conteúdo é atualizado diariamente - separado por temas de Justiça e de Política Externa - no web site www.conectas.org, para livre acesso, com o resumo das notícias e o link para o conteúdo original. Alguns veículos de comunicação podem restringir o acesso a assinantes

Clipping Política Externa, 10 de abril de 2015

Cúpula das Américas
 
O documento final da VII Cúpula das Américas foi derrubado pela tentativa venezuelana de incluir críticas aos EUA por conta das sanções impostas à Venezuela. É a terceira vez que um encontro desse tipo pode se encerrar sem uma declaração conjunta. (Estadão) (Folha)

Em sua coluna na Folha, Marcos Troyjo afirma que o Brasil deveria aproveitar a realização da Cúpula para engendrar ações cooperativas mais substanciosas com os EUA. Segundo o autor, a conjuntura atual de fortalecimento da região eurasiática é propícia para um “reiniciar” das relações bilaterais entre os países. (Folha)

Durante o Fórum da Sociedade Civil, que ocorre no âmbito da Cúpula, dissidentes e apoiadores do governo Raúl Castro, de Cuba, entraram em confronto pelo segundo dia consecutivo. (Folha)

Desde 1956, esta é a primeira Cúpula das Américas que reunirá os líderes de Cuba e EUA na mesma mesa de negociações. O evento, portanto, “deverá acabar com o último resquício da Guerra Fria na região”. (Correio Braziliense)

Durante a cúpula empresarial organizada pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), que ocorre paralelamente à Cúpula das Américas, também no Panamá, o representante de Cuba no evento afirmou que o investimento brasileiro na ilha deve servir de “modelo”. Enaltecendo o Porto de Mariel, financiado pelo BNDES e pela Odebrecht, dentre outros exemplos, foram ressaltadas as qualidades de Cuba em relação a potencial cientifico, qualificação da mão-de-obra e infraestrutura. (Folha)



 
Paraguai
 
O governo paraguaio está, através da embaixada do país em Brasília, tentando obter a extradição de Vilmar Acosta Marques, um ex-prefeito acusado do assassinato de um correspondente do jornal “ABC Color”. O pedido de extradição já foi emitido e, em breve, o ministério deve encaminhá-lo ao Supremo. (Folha)


 
Irã
 
O líder supremo do Irã e o presidente do país demonstram posições distintas em relação ao acordo nuclear. Enquanto o presidente Hassan Rohani possui uma retórica mais moderada, na medida em que defende o acordo caso haja suspensão imediata das sanções ao país, o líder supremo, Ali Khamene, é mais agressivo e afirma que “nunca foi otimista” acerca da realização do acordo. (El País) (Folha)


 
 
Estado Islâmico
 
A Organização para a Libertação Palestina (OLP) e o Exército Sírio iniciarão uma ação conjunta para expulsar os extremistas do Estado Islâmico do campo de refugiados de Yarmouk. O Brasil já manifestou preocupação acerca do andamento da situação no local. (Correio Braziliense)
 
O Observatório Sírio de Direitos Humanos denunciou o sequestro de 50 civis no centro da Síria pela milícia radical Estado Islâmico. Alguns dos reféns são ismaelitas e outros sunitas. O maior medo da organização é que as mulheres já estejam sendo escravizadas por integrantes do EI. (Correio Braziliense)